Sobre

O cenário

As diversas revoluções tecnológicas que atravessamos estão transformando tudo. Os computadores, dispositivos inteligentes, redes móveis, as telas, as redes digitais, os softwares e algoritmos, se apoderaram do mundo. Velhos sistemas de desigualdade e exploração mantêm-se no controle, enquanto vivenciamos crises sociais e climáticas cada vez mais graves. Com a pandemia de Covid-19, isso se intensificou. Ao mesmo tempo, temos oportunidades inéditas de criação de novos sistemas de produção, comunicação e organização, que podem nos levar para uma sociedade mais justa, igualitária e sustentável.

Organização em rede e livre

Somos um ponto de encontro para quem compartilha dessa visão e se atreve a criar estas verdadeiras soluções civilizatórias, o que provamos ser possível já desde 2008. Atuamos na área de tecnopolítica e somos conhecidos como hacktivistas. Temos especialistas em áreas como Estratégia e Articulação Tecnopolítica, Programação de Software, Mídias Sociais, Design, Arte e Comunicação Digital.

Com equipes por demanda (núcleos digitais), realizamos projetos de maneira artesanal, sendo cirúrgicos nos problemas que enfrentamos, e não vendendo soluções “enlatadas”. Fazemos parte do movimento de software livre e de código aberto. Nossos sistemas estão sendo desenvolvidos em parceria com criadores/as em diversas cidades do mundo, de diversas etnias, classes sociais e gêneros, que se organizam de maneira colaborativa e horizontal.

Essa diversidade nas equipes se reflete nos produtos do nosso trabalho. Nossas soluções são mais sofisticadas e democráticas, feitas à muitas mãos. São transparentes, porque o algoritmo pode ser auditado a qualquer momento. Não aprisionamos nossos parceiros e clientes, podemos participar de fases dos projetos e outras equipes, de outras organizações, continuarem o desenvolvimento. Também reaproveitamos sistemas de outros criadores neste movimento global, e isto, somado ao fato de distribuirmos o faturamento com justiça, faz com que o investimento em sistemas seja feito nas equipes e na solução tecnológica, gerando mais economia nos projetos.

Movimento Software Livre e Código Aberto vs. Startups e algoritmos fechados:

  • Artesanal, soluções cirúrgicas ao invés de soluções “enlatadas”
  • Orgânico, democrático, feito a muitas mãos ao invés de autocrático e corporativo
  • Transparente e auditável ao invés de algoritmos fechados e obscuros
  • Seguro e em constante atualização, ao invés de ser estanque e ter falhas de segurança desconhecidas
  • Econômico, reciclável, com liberdade para revisões e continuação do desenvolvimento por outra organização ao invés de privatização e licenças de uso
  • Equipes com diversidade, regimes de trabalho colaborativos e horizontais, ao invés de estruturas verticais

Nossos projetos

Fazemos articulações e estratégias tecnopolíticas, desenvolvemos produtos e prestamos serviços digitais criando não só novos sistemas tecnológicos, mas humanos.

Exemplos de projetos que fazemos constantemente:

  • Estratégias de tecnologia e modernização para o setor público, terceiro setor e sociedade civil
  • Plataformas digitais, APPs e APIs
  • Infográficos, Visualização e Inteligência de Dados
  • Ferramentas Web e Mobile para promover causas e captar recursos
  • Metodologias e mentoria de processos de colaboração
  • Formação, palestras e debates em tecnopolítica

Tendências que estamos explorando:

  • Tecnologias governamentais e da sociedade civil (Civic / Gov Tech)
  • Serviços Digitais de Governo (“Transformação Digital” em governos)
  • Financiamento digital em rede (Crowdfunding)
  • Participação digital em rede (Crowdsourcing)
  • Plataformas Cooperativas e Economia do Compartilhamento (Platform Cooperativism / Sharing Economy)
  • Blockchain, Criptomoedas e Organizações Autônomas Descentralizadas (DAO)
  • Inteligência Artificial (AI)
  • Chatbots e Interfaces de Conversação (Telegram, WhatsApp, WeChat, etc)

Materiais de apresentação (2013-2017)

PDF (Português)
Web (Português)
Web (English)